Atualizado pela ultima vez as 15:44:00
Notícias
(Notícia postada em 17/04/2017 às 15:20:01)
Missões em destaque no Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas Patrimônio Mundial
Missões em destaque no Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas Patrimônio Mundial
A região das Missões esteve presente no 3º Encontro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, que aconteceu em Brasília nos dias 11 e 12 deste mês, na sede da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

O evento, que tem por finalidade discutir e construir estratégias unificadas para viabilizar as demandas das cidades históricas turísticas e patrimônio mundial, é promovido pela CNM, em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM).
Patrimônio mundial missioneiro
Logo na entrada, estavam expostas belíssimas imagens com textos explicativos de espaços religiosos, de espetáculos, públicos e arqueológicos que representam o turismo no Brasil. E, teve um destaque especial a foto das Ruínas de São Miguel Arcanjo, único patrimônio cultural da humanidade localizado na região sul do país, que foi tombado em 1983 pela Unesco.Localizada em São Miguel das Missões (RS), as Ruínas revelam a história da redução fundada por padres jesuítas para catequizar índios guaranis.

Mas o valor histórico, cultural, religioso, místico, hospitaleiro e turístico que predomina em todos os municípios missioneiros, também foram exaltados pelo vice-presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto (PMDB), e pelo diretor do Departamento de Turismo da Funmissões, Ricardo Klein (PP), que é prefeito de São Nicolau. Ambos foram convidados para fazer parte do painel dos gestores municipais, que teve como mediador o presidente da OCBPM, Mário Ribas do Nascimento.

Integração de culturas
Em sua manifestação, Klein salientou a necessidade do trabalho em conjunto e de ações efetivas para impulsionar o turismo. "Além dos debates, temos que sair deste encontro com definições concretas e atuarmos em conjunto, pois individualmente os governos não nos darão a devida atenção", ressaltou o diretor do Detur ao convidar: "conheçam as Ruínas de São Miguel, a região das Missões, sua história e sua gente. Para nós, missioneiros, será motivo de imensa alegria recebermos visitantes de diversas regiões, de forma que possamos compartilhar experiências com outras culturas, como nos propicia este evento da CNM".

O presidente da Embratur, Vinícius Lumertz, a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, os ministros da Cultura, Roberto Freire, e do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, assim como outras autoridades federais, foram presenteados com o boton da cruz missioneira, e convidados para visitarem a região das Missões, com um pedido especial de apoio às demandas turísticas missioneiras. Os participantes, que vieram de outros estados trocaram informações e souvenires com a comitiva das Missões.

Luta incansável
Com o mesmo entusiasmo, o vice-presidente da AMM defendeu a importância da região das Missões, no contexto material e imaterial. "A história das Missões Jesuíticas é importante para o Estado do Rio Grande do Sul e para o país. Além disso, temos ligação com as Reduções da Argentina", evidenciou Peixoto ao acrescentar que "por outro lado, temos dificuldades que afetam diretamente a economia e o turismo missioneiro. Entre as mais impactantes estão os acessos sem pavimentação, e a necessidade imprescindível da construção da ponte internacional Porto Xavier/San Javier, luta incansável e constante da AMM. Mas seguiremos unidos e articulados, com o apoio da população missioneira e da nossa Associação", frisou Paulo Peixoto.

Anfitrião missioneiro
É da região das Missões o presidente da Organização Brasileira das Cidades Patrimônio Mundial, Mário Augusto Ribas do Nascimento. Anfitrião do evento, ele conduziu com maestria os trabalhos durante os dois dias do encontro, sempre reiterando que "somente unindo forças é possível avançar e obter êxitos nas iniciativas de fortalecimento do turismo, independente dos segmentos de atuação". Por várias vezes, Nascimento citou a relevância, não só das Ruínas de São Miguel, mas do potencial turísticos dos 26 municípios missioneiros.

Participação efetiva
Também acompanharam os prefeitos de Rolador e de São Nicolau, que representaram o presidente da AMM/Funmissões e prefeito de Entre-Ijuis, Brasil Antonio Sartori, o secretário de Turismo de São Miguel das Missões, Fabiano Morais; o vice-prefeito de Rolador, Mauro Santos, e o vereador de Rolador, Luciano Mallmann. Por motivos de falecimento na família, o prefeito de São Miguel das Missões, Hilário Casarin, não pode estar presente no 3º Encontro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, conforme havia se programado.

"Tanto a AMM quanto a Funmissões, sempre estarão representadas em eventos que venham ao encontro do crescimento econômico e sustentável dos 26 municípios", explicou Brasil Antonio Sartori, que em razão de compromissos anteriormente agendados em seu município, esteve impossibilitado de comparecer no Encontro, que ocorreu na capital federal.
FOTOS:Karin Schmidt
PUBLICIDADE
Enquete
Você acredita que vai diminuir a corrupção no País após a operação Lava-Jato?
RECADOS
Data: 2017-10-20 às 16:18:32
denise
Recado:Oii, tudo certo? Manda a musica Voce esta em tudo - Banda Dallas para as minhas amigas Fernanda, Tati, e Erika. Desejando um otimo final de semana a elas e a todos os ouvintes
Data: 2017-09-28 às 17:59:38
Amanda
Recado:Oi Alfredo, estou sempre ouvindo a rádio online, quero ouvir a música CÓPIA MAL FEITA Bruno e Barretto.
Receba as notícias do portal diariamente
diretamente ou semanalmente no seu e-mail:
Endereco/Contatos:
Rádio Ativa: Rua Santa Rosa - 375, apto. 01 - Centro - Campina das Missões/RS | (55) 3567-1300
Rádio Caibaté: Av. Santa Lúcia, 1401 - Caibaté/RS | (55) 3355-1335
Rádio Navegantes: Rua Paraguai, 42 - Centro - Porto Lucena/RS | (55) 3565-1200