Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021
ESCOLHA UMA EMISSORA
Rádio
Ativa
Rádio
Caibaté
Rádio
Navegantes

Polícia investiga caso de agressão a segurança de supermercado que pediu para cliente usar máscara em Santo Ângelo

Publicado em 04/09/2021 15:29:13
MÍDIA PATROCINADA
MÍDIA PATROCINADA
MÍDIA PATROCINADA

O segurança de um supermercado de Santo Ângelo, nas Missões, foi agredido por um cliente do estabelecimento que se negou a usar máscara de proteção contra o coronavírus. O caso, ocorrido na última quarta-feira (1°), está sendo investigado pela Polícia Civil do município.

Jorge Valdecir Nascimento da Silva, 53 anos, está afastado das funções em decorrência de uma fratura no nariz. Em entrevista a GZH, ele disse que havia iniciado o expediente cerca de meia hora antes de o cliente ingressar no estabelecimento, por volta das 16h30min

— Ele chegou sem máscara, então eu cobrei. É uma norma geral, todo estabelecimento comercial cobra isso. Em um primeiro momento ele concordou e colocou — relatou.

Instantes depois, uma caixa do supermercado chamou o segurança e mostrou o homem, que estava na fila para o pagamento, mais uma vez, sem máscara.

— Falei novamente que ele não poderia permanecer no estabelecimento assim. Sugeri que ele se retirasse, mas ele não quis sair, então começou uma discussão. Neste momento, fui em direção à porta e, quando vi, ele desferiu um soco no meu rosto. Fiquei tonto, mal sabia o que fazer —relata Silva, que foi encaminhado ao Hospital Santo Ângelo.

Segundo o segurança, o homem que o agrediu fugiu do local e não foi mais visto nas proximidades. 

De acordo com a Polícia Civil, o caso é tratado como lesão corporal. Segundo o delegado Rodrigo Bozzetto, da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Santo Ângelo, um termo circunstanciado foi instaurado para apurar os fatos. A vítima foi encaminhada para fazer exame das lesões corporais e as partes serão ouvidas nos próximos dias.

Silva, que se recupera em casa ao lado da esposa e das duas filhas, afirma nunca ter passado por situação semelhante em 26 anos de profissão:

— Gostaria de dizer a todos que vão a lojas, supermercados ou qualquer outro estabelecimento que ali tem um profissional, um pai de família fazendo seu trabalho e tentando proteger a saúde de todos. Afinal, estamos em uma pandemia, precisamos nos cuidar e cuidar dos outros.


-
Crédito: GZH/Paulo Marques Notícias